segunda-feira, 29 de março de 2010

O Parque de Diversões do Diabo

Montanha-russa, roda-gigante e um lindo carrossel cheio de cavalinhos cor-de-rosa. Esses e outros brinquedos compõe um parque de diversões que gera risos e entretimento nas crianças. Satã também tem seu parque de diversões no meio da Igreja, e engana-se quem pensa que eu estou falando do pecado, pecado é o alimento de Satanás, e a sua cesta-básica, mas o seu parque de diversões é muito mais mortal aos cristãos, chama-se: exagero.

Uma das características que o Espírito Santo nos dá é o equilíbrio (2Tm 1.7-NVI)mas isso está sumindo num ritmo alarmante do nosso meio. Vemos grupos de "super-crentes" que roem a igreja por dentro numa pseudo fome por Deus, mas que usam da boa e velha rebeldia e isolamento para causar divisão e insubmissão, dizem que querem purificar a noiva e se isolam, rasgando ainda mais o vestido branco da igreja, do outro lado estão verdadeiros falsos pastores que pregam a vida cristã como um mar de rosas, esquecendo-se da "comunhão com os sofrimentos de Cristo" e só buscam bençãos e dinheiro...

Sem falar dos que guardam o sábado e as festas judaicas (não como algo simbólico e espiritual, que eu não tenho nada contra) mas como algo indispensável para agradar a Deus... e não citei os "apologetas" que dizendo-se defensores da Palavra desprezam o Espírito, ou os "profetas" que alegando serem guiados pelo Espírito ignoram a Palavra...

Não estou falando de nenhum ministério específico, de fato sou bem aberto aos novos moveres de Deus, assim como uso dicionários bíblicos clássicos - isso é apenas um clamor sincero... NOIVA, EQUILIBRE-SE!

"Pondera a vereda de teus pés, e serão seguros todos os teus caminhos.
Não declines nem para a direita nem para a esquerda" Pv 4.26,27



PS: "O exagero é o parque de diversões do diabo" - Joyce Meyer

quarta-feira, 24 de março de 2010

Gômer ou Sulamita?

"Que te farei, ó Efraim? que te farei, ó Judá? porque o vosso amor é como a nuvem da manhã, e como o orvalho que cedo passa" (Os 6.4)

No livro de Oséias, de onde tirei essa citação, Deus compara o seu povo com a esposa do profeta, Gômer, prostituta que havia sido resgatada de seu trabalho de prostituição, mas o texto aponta de que ela tenha preferido a vida da meretriz (possivelmente uma prostituta cultual dos ritos caananitas)ao invés da vida correta ao lado de seu esposo e filhos.

O versículo citado acima, junto com a breve história, me levam a examinar meu coração em busca de possíveis traços do Amor de Gômer em meu coração.

Muitos crentes - e eu peço para ser sondado aqui - tem isso, o Amor de Gômer dentro de si, se esforçam e tomam a decisão de conhecer e buscar o conhecer o Senhor (vv 1-3), mas seu amor eh como o orvalho... quando o sol esquenta ele evapora, é um amor temporário, amor de retiros e congressos, amor alienado do "quebra pau" da vida, e gente, quando eu falo de "quebra pau" da vida não é só a correria, a pressão e os compromissos, falo também das tentações, das guerras espirituais, da contenda das línguas, e daquelas coisas que você fala (e hj eu falei, e pensei mto antes de falar) e a repercussão é muito maior do que vc espera (soh resolver uma situação, tirar um peso no peito e gerar uma tsunami)- nessas horas vemos com qual dessas esposas bíblicas somos parecidos...

...se com Gômer, que depois de um tempo preferia voltar a sua prostituição (e nós nos prostituimos com nossos sentimentos, ideias, fantasias, além das luzes cálidas do mundo e do carne que servem de isca)- ou ainda se nos parecemos com a misteriosa Sulamita, a noiva de Cantares, perdidamente apaixonada por seu noivo, que saía na rua à noite procurando seu noivo, e não se importava nem mesmo de ser espancada pelos sentinelas (Ct 5.6-8), ou seja, nós recuamos no primeiro chute na canela de Satanás enquanto nada deveria nos afastar daqueles maravilhosos olhos doces que só nosso Senhor Jesus

"Ah, Jesus... Que saudade do mel da tua boca, faz-me ter um amor real e constante por Ti, faz-me te amar como a fiel Noiva de Cantares"

segunda-feira, 22 de março de 2010

"From the madness arround me"

O título acima é um verso de uma música de Nicole C. Mullen "Call on Jesus"; significa "da loucura ao meu redor"... você não se sente assim as vezes, sério gente, hj aqui na clínica em que eu trabalho tá sendo assim...

Começa hoje a 2ª etapa da vacinação da H1N1, parece filme, a sala de vacina está cheia e o telefone "não para" de tocar, várias pessoas são grosseiras, fora o movimento normal da segunda-feira da clínica...

Nessas horas eu vejo o mover de Deus no "secreto" como coloquei no post anterior... Nessas horas de loucura ao meu redo, só Deus mesmo para trazer paz...

"Tu conservarás em perfeita paz aquele cuja mente está firme em Ti, porque confia em Ti" Is 26.3


CALL ON JESUS (Nicole C. Mullen)- traduzido livremente

Eu sou tão comum
Nada especial há em mim
Eu jamais andei sobre as águas
Jamais tempestades acalmei

Às vezes escondo-me da loucura ao meu redor
Como uma criança com medo do escuro

Mas quando eu chamo Jesus
Tudo é possível
Com asas como águia posso voar
Quando eu chamo Jesus
Montes vão para o chão
Porque Ele move céus e terra quando ouvir que estou chamando


Cansado irmão
Filha perdida
Apaixonado viúvo
Você não está só

E se o cansaço vier te envolver
E faltar a tua força pra continuar

Mas quando você chamar Jesus
Tudo é possível
Com asas como águia podes voar
Quando você chamar Jesus
Montes vão para o chão
Porque Ele move céus e terra quando ouvir que estás chamando

Chame-o de manhã
Chame-o na parte da tarde
Tarde da noite
Ele estará lá
Quando seu coração esiver quebrado
E você se sentir desencorajado
Apenas se lembre do que Ele disse
Ele estará lá


sexta-feira, 19 de março de 2010

A Contenda das Línguas

Há umas semanas atrás um versículo saltou na minha frente: "No secreto da Tua presença o Senhor o esconderá da contenda das línguas"... Gente, isso não é tremendo!?

Falo isso pq no meu local de trabalho as línguas adoram contender, mas isso é natural neh, afinal se na Igreja (se na nossa vida...) as línguas batem soltas, imagina num ambiente secular, com muitas mentes não-regeneradas...

Mas é maravilhoso saber que as línguas podem contender contra você, mas o secreto da presença, sabe a presença secreta... aquela que só você sente... você está na faculdade, no trabalho, dentro de casa, o "pau comendo" ao redor e você ali quietinho, num lugar quentinho, secreto... Então galera, essa é minha dica, quando você ouvir a contenda das línguas (mesmo que o contendido seja você) vá para aquele seu lugarzinho...

quarta-feira, 17 de março de 2010

Vida para os meus dias

Estou começando hoje, mas vamos lá então.

Ontem a noite no discipulado o Pr.Betinho falou algo que eu já tinha ouvido, mas precisei ouvir de novo: "Não apenas dê mais dias para sua vida, mas dê vida aos seus dias"

Depois fiquei pensando... A Rotina diária é tão comum, acordar cedo, trabalhar, comer, trabalhar, universidade e dormir... onde há vida nisso.

Então eu entendi, nisso está a Vida! Jesus prometeu que estaria comigo o tempo inteiro, independente se eu sinto não, independente se estou na Igreja ou no trabalho... e a bem da verdade, há momentos maravilhosos nas brechas dos meus afazeres diários: tenho os momentos com a minha noiva Priscila, quando estou trabalhando no ministério - o que adoro fazer, e o ponto alto, quando me rendo em meu momento de oração! Mas é muito além disso...

Sabe, nosso relacionamento com Jesus é mais do que uma simples visita diária, você pode todos os dias ir ver uma pessoa, mas Cristo é mais do que isso... com Rick Joyner diz nós devemos habitar em Jesus... isso não faz o seu coração arder?

Bom, o meu faz, e é isso que eu vou buscar todos os meus dias... para que eles tenham mais Vida!